“Vida Nota 10” – parte 1


O projeto começou com o simples desafio de “dedicar a Deus uma hora por dia”. Essa foi uma promessa que o pastor Daniel Chirileanu levou a sério. Enquanto era diretor de jovens da Associação, ele e outros líderes de jovens foram desafiados pelo diretor de jovens da União Romena a escrever o que fariam para Deus naquele ano.

“Existe coisa melhor do que passar uma hora com Deus planejando como alcançar e nutrir espiritualmente nossos jovens?”, pensou o pastor Daniel.

“Foi meu ano mais produtivo!”, ele garante. “Prometi a Deus uma hora por dia e cumpri a promessa. Decidi encontrar-me com Ele às 23 horas porque sabia que estaria livre nesse horário.”

Durante aquela hora, uma torrente de ideias a respeito das necessidades da juventude surgiu na mente do pastor Daniel. Todas elas foram anotadas. Quando as ideias demoravam a aparecer, ele passava essa hora em oração ou lia sobre o assunto.

“Aquele tempo não era meu”, diz ele. “Era de Deus.”

Envolvimento

Certa noite, o pastor Daniel teve uma ideia muito interessante. “E se pudéssemos envolver nossos membros mais qualificados – os intelectuais da nossa igreja – no resgate de jovens, muitos dos quais estão sendo envolvidos pelo secularismo do ambiente acadêmico? E se pudéssemos oferecer um programa sobre estilo de vida de sucesso para os alunos das escolas públicas?

Enquanto pensava mais sobre o tema, a ideia tomou forma com três objetivos principais:
1. Incentivar crianças e jovens a adquirir habilidades para uma vida bem-sucedida.
2. Desenvolver relacionamentos com professores e outras pessoas no ambiente acadêmico.
3. Incentivar as crianças alcançadas pelos programas a se envolverem nas atividades do Clube de Desbravadores e outros programas do ministério jovem adventista.

Abrindo portas

Porém, antes de levar as ideias às escolas, o pastor Daniel incentivou os membros da igreja no território da Associação a se envolverem nas várias atividades evangelísticas, tais como passeatas antitabagistas e outras iniciativas de educação e saúde.

“Quando as autoridades educacionais perceberam que estávamos não apenas interessados no bem-estar da região, mas também dispúnhamos de excelentes materiais educativos, eles pediram nossa ajuda”, diz o pastor Daniel.

Graças a Deus foi aberta a porta que ele buscava e pela qual orou. Ele então se reuniu com diretores de escolas e com professores e ouviu sobre as necessidades e preocupações deles. Como a Romênia tinha seis regiões separadas, com suas diferenças culturais, econômicas e sociais, o grupo planejou um pacote que atendesse às necessidades de sua região.

Assim, com a ajuda dos professores, o pastor Daniel fez uma pesquisa entre os alunos e descobriu que, nas cidades, a maior necessidade era combater vícios. Em áreas rurais, a grande carência era ensinar às crianças princípios morais e outros aspectos comportamentais na sociedade. Outras necessidades que ficaram bem evidentes foram as necessidades de se prover aos jovens orientação vocacional e ensiná-los a desenvolver um estilo de vida saudável.

Com base nessas informações, o pastor Daniel conseguiu montar um programa de educação de acordo com os interesses dos jovens e crianças, conforme as necessidades específicas da região.

Recepção calorosa

Os administradores escolares e professores ficaram encantados. O programa, chamado “Vida Nota 10”, seria oferecido como atividade extracurricular, apresentando diversos temas e seminários para todas as idades e séries escolares. Alguns temas do curso seriam: saúde e nutrição, combate aos vícios, desenvolvimento pessoal e dos bons costumes, relações sociais e problemas específicos da adolescência, finanças pessoais, o impacto da tecnologia, uso responsável da internet, entre outros.

“A única condição imposta foi a de que não deveríamos apresentar seminários religiosos”, disse o pastor Daniel. “Mas pudemos convidar os alunos e professores para nosso acampamento de jovens, onde eles participam de um programa especial com mensagens devocionais, orações, canções religiosas e outras atividades.”

O acampamento tem duração de uma semana e é um sucesso, recebendo entre 80 e 130 alunos cada ano. Os professores são convidados a participar do acampamento junto com os alunos, e fazem parte da equipe de supervisão. Às vezes, os diretores das escolas também participam. Continua

 

Resumo missionário

  • As Montanhas dos Cárpatos da Romênia é o habitat de 400 espécies de mamíferos, incluindo o cabrito montês.
  • A maior população de ursos pardos na Europa vive na Romênia.
  • Timisoara, na Romênia, foi a primeira cidade europeia a ter luz elétrica, em 1884.