O Filho do Homem


Nos primeiros capítulos de Jó, obtemos um vislumbre da realidade do grande conflito entre Cristo e Satanás. Como sabemos, o conflito começou no Céu, mas acabou vindo para a Terra (ver Ap 12:7-12). No livro de Jó, também vemos essa mesma dinâmica: um conflito no Céu que acaba vindo para a Terra. Infelizmente Jó foi o centro desse conflito específico na Terra.

3. Leia Jó 10:4, 5. Qual foi a queixa de Jó? Ele tinha razão nesse ponto? Assinale V para verdadeiro e F para falso:

  • ( ) Deus não sabia o que era fazer parte da humanidade e ser um mortal sofredor.
  • ( ) A queixa de Jó foi que Deus ignorava seu sofrimento e nada fazia para aliviá-lo.

O argumento de Jó era simples: “Tu és Deus, o Soberano do Universo, o Criador. Como podes saber o que é ser humano e sofrer as coisas que sofremos?”

4. Como os seguintes textos respondem à queixa de Jó? Lc 2:11; Jo 1:14; Lc 19:10; Mt 4:2; 1Tm 2:5; Hb 4:15. Complete as lacunas:

Eles nos revelam aspectos da de Jesus, mostrando que Ele foi em todas as coisas como nós e pode Se e Se conosco.

A queixa de Jó, de que Deus não era um ser humano e que, portanto, não poderia conhecer a miséria e aflição humanas, foi respondida plenamente quando Jesus veio na condição de homem. Embora nunca tenha perdido Sua divindade, Jesus também foi plenamente humano. Assim como Jó e todos os seres humanos, Ele sabia o que é sofrer e lutar. Na verdade, vemos nos evangelhos a realidade da humanidade de Cristo e os sofrimentos pelos quais Ele passou na condição humana. Jesus respondeu à queixa de Jó.

“Não foi uma humanidade de faz de conta que Cristo tomou sobre Si. Ele tomou a natureza humana e viveu a natureza humana. […] Não só tornou-Se carne, mas tornou-Se em semelhança de carne pecaminosa” (Comentário Bíblico Adventista, v. 5, p. 1255).

O que significa o fato de que Jesus assumiu a humanidade? O que isso lhe diz sobre a proximidade do relacionamento que Ele pode ter com você nas lutas que você enfrenta?