O propósito da segunda vinda de Jesus



Ano Bíblico: Obadias e Jonas

Segunda, 22 de setembro

grande plano da redenção terá seu ponto culminante na segunda vinda de Jesus. Sem o retorno de Cristo à Terra, Sua encarnação, morte e ressurreição não teriam nenhum efeito para nossa salvação.

2. Qual é uma das razões básicas para a segunda vinda de Jesus? Mt 16:27

A vida nem sempre é justa. Na verdade, muitas vezes ela é injusta. Nem sempre vemos justiça em nossa sociedade. Pessoas inocentes sofrem enquanto as más parecem prosperar. Muitas pessoas não recebem o que merecem. Mas o mal e o pecado não reinarão para sempre. Jesus virá “para retribuir a cada um segundo as suas obras” (Ap 22:12).

Essa afirmação implica que um julgamento deve ocorrer antes da volta de Cristo. Quando Ele vier, o destino de cada ser humano já terá sido decidido. Jesus sugeriu claramente esse juízo investigativo na parábola das bodas (Mt 22:11-13). O fato de que somos julgados pelas obras não significa que somos salvos por elas ou por nossos próprios méritos. A salvação é pela graça de Deus e recebida pela fé em Jesus (Mc 16:16; Jo 1:12), que demonstramos por nossas ações.

O que é importante sobre a promessa de Mateus 16:27 é que a justiça será feita. Temos apenas que esperar por isso.

Além disso, na segunda vinda de Cristo, os que dormem nEle serão ressuscitados para a vida eterna. Como vimos anteriormente, visto que sabemos que os mortos estão dormindo na sepultura, as promessas da segunda vinda e da ressurreição para a vida eterna que se segue são especialmente importantes para nós.

“Por entre as vacilações da Terra, o clarão do relâmpago e o ribombo do trovão, a voz do Filho de Deus chama os santos que dormem. Ele olha para a sepultura dos justos e, levantando as mãos para o céu, brada: ‘Despertai, despertai, despertai, vós que dormis no pó, e surgi!’ Por todo o comprimento e largura da Terra, os mortos ouvirão aquela voz, e os que ouvirem viverão. E a Terra inteira ressoará com o passar do exército extraordinariamente grande de toda nação, tribo, língua e povo. Do cárcere da morte eles vêm, revestidos de glória imortal, clamando: ‘Onde está, ó morte, a tua vitória? Onde está, ó morte, o teu aguilhão?’ (1Co 15:55). E os vivos justos e os santos ressuscitados unem as vozes em prolongada e jubilosa aclamação de vitória” (Ellen G. White, O Grande Conflito, p. 644).

Comentários sobre a Lição

comentários sobre a lição

A promessa



Ano Bíblico: Am 5–9

Domingo, 21 de setembro

Após a última ceia, Jesus disse aos discípulos que iria para um lugar ao qual, pelo menos por enquanto, eles não poderiam ir (Jo 13:33). O pensamento de estar separados do Mestre encheu o coração deles de tristeza e medo. Pedro perguntou: “Senhor, para onde vais? [...] por que não posso seguir-Te agora? (Jo 13:36, 37). Cristo conhecia o desejo deles e assegurou-lhes que a separação seria apenas temporária.

1. Leia as promessas de Cristo em João 14:1-3. Aplique essas palavras a você. Por que elas devem ter um significado importante em sua vida?

A promessa do nosso Senhor não poderia ter sido mais enfática. Em grego, a promessa “virei outra vez” está no tempo presente, expressando certeza. Poderia ser traduzida literalmente como: “Eu estou vindo outra vez.”

Jesus nos deu a segurança da Sua segunda vinda. Ele não disse: “Eu posso voltar”, mas “Eu voltarei”. Toda vez que mencionou Sua volta, Ele Se referiu a ela com convicção.

Às vezes, fazemos promessas que depois não podemos cumprir, apesar dos nossos melhores esforços e determinação. Esse não é o caso com Cristo. Muitas vezes, Ele provou inequivocamente que Sua palavra é confiável.

Referindo-se à Sua encarnação, o Senhor anunciou profeticamente por intermédio de Davi: “Eis aqui venho” (Sl 40:7). E Ele veio (Hb 10:5-7). A realidade de Sua primeira vinda sustenta a certeza da segunda vinda.

Durante Seu ministério terrestre, Jesus prometeu a um pai desesperado: “Não temas, crê somente, e ela será salva” (Lc 8:50). E a filha de Jairo foi libertada, embora estivesse morta. Cristo anunciou que três dias depois de Sua morte Ele ressuscitaria, e ressuscitou. Ele prometeu o Espírito Santo aos discípulos, e O enviou na hora certa. Se nosso Senhor honrou todas as Suas promessas no passado, mesmo aquelas que, de uma perspectiva humana, pareciam impossíveis, podemos estar certos de que Ele cumprirá Sua promessa de voltar.

Como você pode manter acesa em seu coração a paixão pela segunda vinda de Jesus?

Comentários sobre a Lição

comentários sobre a lição

13

A segunda vinda de Jesus



Ano Bíblico: Am 1–4

Sábado à tarde

VERSO PARA MEMORIZAR: “Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em Mim. Na casa de Meu Pai há muitas moradas. Se assim não fora, Eu vo-lo teria dito. Pois vou preparar-vos lugar. E, quando Eu for e vos preparar lugar, voltarei e vos receberei para Mim mesmo, para que, onde Eu estou, estejais vós também” (Jo 14:1-3).

Leituras da semana: Jo 14:1-3; Mt 16:27; 1Ts 4:13-18; Mt 24:3-14; 24:42, 44

segunda vinda de Jesus, mencionada mais de 300 vezes no Novo Testamento, é o ponto alto dos nossos ensinamentos. É essencial para nossa identidade como cristãos adventistas do sétimo dia. Essa doutrina está gravada em nosso nome e é parte fundamental do evangelho que somos chamados a proclamar. Sem a promessa de Sua vinda, nossa fé seria inútil. Essa gloriosa verdade nos dá um senso de destino e motiva nosso trabalho missionário.

Pode-se argumentar que a extensão do tempo de espera além das nossas expectativas poderia enfraquecer nossa crença na promessa da volta de Jesus. No entanto, isso não aconteceu. Para muitos, nossa paixão pelo retorno de Cristo é mais forte do que nunca.

Nesta semana, analisaremos o que Jesus disse sobre “a bendita esperança e a manifestação da glória do nosso grande Deus e Salvador Cristo Jesus” (Tt 2:13).

Comentários sobre a Lição

comentários sobre a lição

Bem vindo!



Olá, que bom que você encontrou nosso site, isso significa que você tem interesse no estudo da palavra de Deus e isto nos deixa muito felizes!

Infelizmente o site ainda está em fase de testes, e talvez você não encontre as lições que você procura.

Mas vamos fazer o seguinte:

Assim que iniciar a lição do 4º semestre, nós publicaremos diariamente as lições e você poderá estudar, compartilhar e ajudar outras pessoas com seus comentários ou tweets, pode ser?

Enquanto isto, se você ainda não tem a lição impressa e gostaria de adquiri-la, você pode fazer isto neste link.

Caso queira receber nosso aviso quando o site estiver funcionando, você pode acessar nossa página de contato e nos deixar seu email, ou perfil do facebook que entramos em contato com você!

Desde já agradecemos a paciência.

Att,

Equipe Escola Sabatina Online.

Comentários sobre a Lição

comentários sobre a lição