O insensato como sábio

  Embora não seja de origem recente, nos últimos anos tem se popularizado especialmente no mundo ocidental a ideia que defende a natureza relativa da verdade. Isto é, o que é verdadeiro para uma pessoa, ou uma cultura, pode não ser verdadeiro para outra. Embora isso esteja correto em determinadas situações (em alguns países a
Leia Mais…

O mistério de Deus

  A vida é cheia de mistérios. O físico David Deutsch escreveu: “Os eventos cotidianos são estupendamente complexos quando expressos em termos da física elementar. Se você enche uma chaleira de água e a coloca no fogo, nem todos os supercomputadores da Terra, trabalhando durante o número de anos que constitui a idade do Universo,
Leia Mais…

Por trás da máscara

10

  VERSO PARA MEMORIZAR: “Não se engrandeça na presença do rei, e não reivindique lugar entre os homens importantes” (Pv 25:6). Leituras da semana: Pv 25:2, 3; 26:11, 12; 1Co 1:20, 21; Pv 26:13-16; 27:5, 6 Por trás da deslumbrante serpente que proferia palavras suaves e que parecia estar preocupada com a felicidade de Eva
Leia Mais…

Estudo adicional

  “As pessoas que nos circundam precisam ser despertas e salvas, ou perecerão. Não temos nem um minuto a perder. Todos exercemos uma influência que fala em favor da verdade ou contra ela. Desejo levar comigo as inconfundíveis evidências de que sou uma discípula de Cristo. Queremos algo além da religião do sábado. Necessitamos dos
Leia Mais…

Nossas responsabilidades

  7. “Se Eu disser ao perverso: Ó perverso, certamente, morrerás; e tu não falares, para avisar o perverso do seu caminho, morrerá esse perverso na sua iniquidade, mas o seu sangue Eu o demandarei de ti” (Ez 33:8). Que princípio espiritual válido é revelado aqui? Como recebemos esse conceito e o aplicamos em nossa
Leia Mais…

O que colocamos na boca

  Não foi por acidente que a primeira tentação humana foi com respeito à comida (Gn 3:3). Foi a desobediência e o ato de comer de uma coisa errada que trouxe o pecado e a morte ao mundo (Gn 3:1-7; Rm 5:12). Não devemos nos esquecer, também, do fato de que a primeira menção de
Leia Mais…

Ter inveja dos perversos

  4. Qual é a advertência contida em Provérbios 23:17; 24:1, 2; e 24:19, 20?   Por que alguém invejaria os maus? Muito provavelmente não seria por causa dos pecados que eles possam estar cometendo, mas, de maneira geral, seria por causa dos ganhos imediatos (riqueza, sucesso, poder) que eles obtêm através de sua malignidade
Leia Mais…